você está aqui: Home  → Colunistas  →  Cantinho do Shell

 

Os Comandos basename e dirname

Colaboração: Rubens Queiroz de Almeida

Data de Publicação: 05 de Março de 2008

Este comando, quando recebe como argumento o caminho de um arquivo, remove a porção de diretórios, deixando o nome do arquivo.

Um exemplo:

  % basename /usr/local/doc/proposta.txt
  proposta.txt

Em outras palavras, o que este comando faz é retirar a última parte da cadeia de caracteres que não contenha o caracter "/". Se a cadeia de caracteres terminar em "/", este caracter também é removido:

  % basename /usr/local/doc/proposta.txt/
  proposta.txt

Outra aplicação interessante é o uso deste comando para remoção da extensão. Veja só:

  $ basename /usr/local/doc/propost.txt .txt
  proposta

Agora para que serve isto? O mais óbvio é quando se quer renomear múltiplos arquivos (o que também pode ser feito de diversas outras formas):

  #!/bin/sh
  for file in `find . -name \*.txt -print`
  do
          mv $file `dirname $file`/`basename $file .txt`.doc
  done

Este script renomeia todos os arquivos que tiverem a extensão .txt, a partir de um certo ponto na árvore de diretórios para um arquivo com o mesmo nome base e extensão .doc.

Apareceu um comando novo neste script, o comando dirname. Ele faz o contrário do que faz o comando basename:

  $ dirname /usr/local/doc/proposta.txt
  /usr/local/doc

Uma aplicação deste comando eu já mostrei acima. E existem muitas outras. O resto fica para vocês :) Enviem as suas idéias.

Publicado originalmente na Dicas-L em 26 de agosto de 1998

Recomende este artigo nas redes sociais

 

 

Veja a relação completa dos artigos desta coluna