você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

Latinoware - 10 anos!

Por Cesar Brod

Data de Publicação: 14 de Outubro de 2013

Em 2003 participei da organização do Congresso Internacional Software Livre Brasil, em Curitiba. Esse evento foi a semente de um dos maiores e mais importantes eventos de tecnologia de toda a América Latina, a Latinoware que, entre os dias 16 e 18 de outubro próximos terá a sua décima edição.

Lembro como se fosse ontem o dia em que eu estava na Univates e recebi a ligação do Antonio Marcos Hachisuca (o Shiro) do ITAI, Instituto de Tecnologia Aplicada e Inovação, um dos parceiros, junto com o Parque Tecnológico de Itaipu (PTI), da Itaipu Binacional e da Celepar na realização de um novo evento de software livre. Na época, eu estava concluindo um trabalho para o Ministério de Apoio ao Desenvolvimento da Finlândia, sobre o estado e a evolução do software livre na América Latina, além de ter participado da organização dos primeiros Fóruns Internacionais de Software Livre e dos Seminários de Desenvolvimento de Software Livre.

Segundo o Shiro, a ideia era a de fazer um evento que fomentasse o desenvolvimento e a inovação na América Latina, em especial na região da tríplice fronteira, tomando como ponto de partida o compartilhamento de tecnologias livres - o principal objetivo do evento até hoje. Claro, entusiasmei-me com a ideia e logo tive uma reunião com o Jaime Nelson Nascimento (PTI), Marcos Siriaco Martins e Paulo Roberto Falcão (Itaipu Binacional), Julian Fagotti e Marcos Mazoni (Celepar) e vários outros patrocinadores e apoiadores do projeto que, então, passou a chamar-se Latinoware. Em 2004, na primeira edição da Latinoware, boa parte dos convidados latinoamericanos e caribenhos foram os que haviam contribuído para o trabalho que eu havia feito para a Finlândia. Jon maddog Hall foi o padrinho internacional do evento que, inclusive, participou de uma série de mini-eventos de divulgação que promovemos - além de ter sido confundido com o Papai Noel no Parque das Cataratas.

De cerca de 900 participantes no primeiro evento a uma expectativa de mais de cinco mil para a décima edição a Latinoware amadureceu muito em seus dez anos. Nas edições de 2009, 2010 e 2011 a BrodTec voltou a coordenar o temário do evento e lembro perfeitamente das discussões - sadias! - que tínhamos, a cada ano, sobre qual seria a identidade secundária do evento, já que a primeira e principal sempre foi a integração dos povos através da liberdade para todo o tipo de conhecimento e sua ampla distribuição. Em 2009 dissemos que o software livre estava plenamente maduro e consolidado, que venceu por sua superioridade técnica e que criaríamos um evento além do universo nerd e hacker. Fizemos oficinas de roteiros de cinema, produção de música eletrônica e arte multimídia, tudo com software livre. Demos a partida, junto com Luis Falcon do projeto GNUHealth, à primeira edição do Workshop Internacional de Saúde Eletrônica para Países Emergentes que, logo em 2010, teve como sede de sua segunda edição a própria Latinoware.

O evento uniu a consciência ambiental ao conhecimento livre. Foi na Latinoware que aconteceram os primeiros papos no Brasil sobre a Internet das Coisas (o público da Latinoware conheceu, antes da Bélgica, o projeto Tag Tag City). O evento, também, sempre preocupou-se em equilibrar a tecnologia absurdamente de ponta com o resgate histórico do desenvolvimento de software. Dentre outros, o evento contou com a presença do pai da Engenharia de Software, Fred Brooks Jr. e ninguém menos que o inventor dos pipes no Unix: Douglas McIlroy!

Eu ainda sonho com a Latinoware não só como um evento anual, mas como um conjunto permanente de atividades nos mundos real e virtual para os quais o grande evento anual seja uma coroação, o sorvete de baunilha da torta de maçã! Tenho a impressão de que este sonho será, logo, real.

Deixo aqui um grande abraço, que logo transformarei em real, ao Marcos Siriaco Martins. Dentre todos os que fazem a Latinoware, o Siriaco é aquele que incorpora o espírito revolucionário, libertário e amigo do evento!

E parabéns ao Duda Nogueira e a todos os demais que já garantiram que a décima edição da Latinoware será a melhor e maior de todas - até agora, já que o evento melhora a cada ano!

Leia Mais:

Sobre o autor

Cesar Brod é empresário e consultor nos temas de inovação tecnológica, tecnologias livres, dados abertos e empreendedorismo. Sua empresa, a BrodTec, faz também trabalhos tradução e produção de conteúdo em inglês e português. Além de sua coluna, Cesar também contribui com dicas para o Dicas-L e mantém um blog com aleatoriedades e ousadias literárias. Você pode entrar em contato com ele através do formulário na página da BrodTec, onde você pode saber mais sobre os projetos da empresa.

Mais sobre o Cesar Brod: [ Linkedin ] | [ Twitter ] | [ Tumblr ].


Para se manter atualizado sobre as novidades desta coluna, consulte sempre o newsfeed RSS

Para saber mais sobre RSS, leia o artigo O Padrão RSS - A luz no fim do túnel.

Recomende este artigo nas redes sociais

 

 

Veja a relação completa dos artigos de Cesar Brod