você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

V COALTI - Congresso Alagoano de Tecnologia da Informação

Por Cesar Brod

Data de Publicação: 08 de Outubro de 2013

Acabo de retornar da quinta edição do COALTI, o Congresso Alagoano de Tecnologia da Informação - ao menos é, esse, o nome original, já que o COALTI ultrapassou a fronteira das Alagoas e se consolida, a cada edição, como um dos principais eventos de tecnologia no Brasil. Fico sempre feliz em participar de eventos que, mantendo um caráter ousado e independente, conseguem ir muito além das primeiras edições.

Nas outras ocasiões em que participei do COALTI o fiz como palestrante. No primeiro, do qual também participou o Jon "maddog" Hall, falei sobre a adoção do software livre no ambiente empresarial e também sobre empreendedorismo e empregabilidade com software livre. No segundo, falei sobre o grande contrato, um tema que introduzia o Scrum como atitude de desenvolvimento e gestão de projetos. Nesta quinta edição tive a grande honra de participar não como palestrante, mas como convidado do evento, o que me deu a chance de, com calma, assistir a várias palestras e painéis, rever antigos amigos, fazer novos e, em especial, entender a dinâmica de um evento que conquistou seu espaço e ganha, a cada edição, novos adeptos.

Uma das principais razões do sucesso do COALTI é a paixão de seu idealizador, o mineiro Carlos Tamieto Júnior, pelo estado de Alagoas, que o adotou. O Júnior acredita na tecnologia da informação como instrumento de inovação e empreendedorismo, mas entende, como administrador de empresas, que é necessário um planejamento coordenado de vários atores (gestores públicos, empresários, acadêmicos e estudantes) para que sejam resolvidas questões imediatas de qualificação e valorização profissional, da mesma forma que aquelas relativas à continuidade do fluxo de inovação e geração de empresas, emprego e renda. Este assunto, abordado logo na abertura do evento, gerou o comprometimento de organizações como o SEBRAE e a ASSESPRO, assim como de representantes do governo do estado de Alagoas e da cidade de Maceió, para a criação de um fórum de discussão permanente de políticas tecnológicas. O compromisso foi motivado, especialmente, pelas cobranças dos muitos estudantes que estavam presentes na abertura e cobravam oportunidades reais como as já fomentadas no novíssimo Sururu Valley. A reunião para a criação deste fórum aconteceu no último dia do COALTI, cinco de outubro de 2013 e, mesmo com a promessa do secretário de estado Eduardo Setton Sampaio da Silveira em enviar um representante, o mesmo não ocorreu - idem para a representação da prefeitura de Maceió. Ainda assim, todos os que representavam entidades de classe, estudantes, profissionais e a sociedade civil em geral, montaram a proposta do fórum que será apresentada ao poder público que, mais uma vez, será convidado a participar. Aguardo o progresso deste assunto.

Além de funcionar como um catalisador de bons debates, o COALTI propicia uma mescla de santos de casa com santos de fora entre seus palestrantes. Quando moramos em uma cidade ou estado e estamos acostumados a encontrar com algumas pessoas brilhantes, não vamos a um evento por causa delas. Sempre pensamos que existirá "outra oportunidade". É bem o caso do morador de uma cidade que jamais conhece as belezas naturais locais, pelas quais os turistas, dos cantos mais distantes do mundo, apaixonam-se. Mas, quando paramos para dar a devida atenção aos valores locais, percebemos que devíamos ter feito isto antes e com mais frequência. Por isso, no COALTI você encontra o papai do shell Julio Neves, vindo do Rio de Janeiro e o Thiago José Tavares Ávila, do portal Alagoas em Dados e Informações. No evento você descobre que o hacker ético Edson Borelli, de São Paulo, é sócio do alagoano Thalysson Sarmento na Blackdoor Security e que, além de showmen, os dois são papas em manter seguras as redes corporativas. Você encontra o professor gaúcho Marcos Silva Vieira falando que a lucratividade no uso de software livre na educação vai muito além daquela representada pelo dinheiro e, na sala ao lado, o nativo Adriano Souza mergulhando com a plateia na Deep Web. Eu poderia citar outros casos, mas fico por aqui já que a programação do evento e a lista de palestrantes estão online. A polinização cruzada entre os santos de casa e os de fora já fez com que muitos palestrantes, que tiveram sua primeira exposição pública no COALTI, fossem levados a eventos maiores como o FISL e a Latinoware - para a qual viajo em alguns dias para ministrar palestras.

Uma outra razão para o sucesso do COALTI, claro, é a beleza paradisíaca da região e sua gente simpática e acolhedora, merecedora de um evento como este, ao qual espero sempre retornar.

Sobre o autor

Cesar Brod é empresário e consultor nos temas de inovação tecnológica, tecnologias livres, dados abertos e empreendedorismo. Sua empresa, a BrodTec, faz também trabalhos tradução e produção de conteúdo em inglês e português. Além de sua coluna, Cesar também contribui com dicas para o Dicas-L e mantém um blog com aleatoriedades e ousadias literárias. Você pode entrar em contato com ele através do formulário na página da BrodTec, onde você pode saber mais sobre os projetos da empresa.

Mais sobre o Cesar Brod: [ Linkedin ] | [ Twitter ] | [ Tumblr ].


Para se manter atualizado sobre as novidades desta coluna, consulte sempre o newsfeed RSS

Para saber mais sobre RSS, leia o artigo O Padrão RSS - A luz no fim do túnel.

Recomende este artigo nas redes sociais

 

 

Veja a relação completa dos artigos de Cesar Brod