você está aqui: Home  → Colunistas  →  Coluna do Cesar Brod

Planejamento Estratégico - Máquina Virtual com o Geplanes

Por Cesar Brod

Data de Publicação: 09 de Outubro de 2012

Escrevi, no início de 2007, uma série de cinco artigos sobre Scrum e Planejamento Estratégico. Neles propus o uso do Product Backlog como o artefato para a definição de planos táticos, do Sprint Backlog para o acompanhamento da execução destes planos, uma dinâmica de três reuniões para a definição dos princípios, visão e missão da empresa e uma planilha simples no Google Docs para o registro disto tudo.

Mais recentemente, preparando-me para um projeto de consultoria com o parceiro, amigo e mago Ruy Alberto Dias, decidi ampliar o conteúdo destes artigos, incluindo a metodologia Balanced Score Card (BSC), de forma a facilitar a tradução da estratégia da empresa em objetivos, traduzindo-a em termos operacionais facilmente medidos e acompanhados através de indicadores.

Como sempre gosto de fazer com que a teoria ande de mãos dadas com a prática, optei por usar o software público Geplanes, da empresa mineira Linkcom para os exercícios com o BSC. Eu havia acabado de gerar uma máquina virtual, com o Geplanes já instalado, junto com algumas outras ferramentas, para meus próprios projetos de consultoria e, assim, mesmo antes de ter os novos artigos prontos, já a disponibilizo agora.

Assim, tudo o que você precisa para começar a utilizar o Geplanes, é o Oracle Virtual Box. Faça o download da versão mais apropriada, de acordo com o seu sistema operacional, e siga as instruções de instalação. Baixe também a imagem da máquina virtual, com o Geplanes já instalado, a partir deste link. Inicie o Virtual Box em seu computador, clique em Arquivo -> Importar Appliance e selecione o arquivo Geplanes.ova que você acabou de baixar. Clique em Próximo e verifique as configurações. Note que a Memória RAM está configurada para 952 Mb - este é o momento ideal para aumentá-la caso a sua máquina tenha uma boa quantidade de memória. A Memória RAM nunca deve ter mais do que a metade da memória real da máquina onde você está executando o Virtual Box. Agora clique em Importar.

Concluído o processo de importação, você ainda precisará fazer duas coisas. A primeira é certificar-se de que sua rede está configurada em modo bridge. Para isto, clique uma vez em cima da máquina Geplanes, para selecioná-la no painel à esquerda do Virtual Box e, a seguir, em Configurações -> Rede. Feito isto, clique em Iniciar ou dê um clique duplo no nome da máquina (Geplanes). A segunda é descobrir qual o endereço IP de sua máquina virtual para que você configure suas conexões. Espere a máquina virtual completar sua inicialização e entre com o usuário geplanes e senha geplanes executando, a seguir, o comando ifconfig.

  eth0      Link encap:Ethernet  Endereço de HW 08:00:27:4b:81:07 
            inet end.: 192.168.1.144  Bcast:192.168.1.255  Masc:255.255.255.0

No meu caso, o endereço é 192.168.1.144. Anote o endereço de sua máquina virtual. Edite o arquivo /home/geplanes/jboss/jboss.geplanes/server/default/deploy/geplanes_bsc_postgresql-ds.xml.

  sudo nano /home/geplanes/jboss/jboss.geplanes/server/default/deploy/geplanes_bsc_postgresql-ds.xml

Lembre-se: a senha que será solicitada é geplanes.

Neste arquivo, substitua as ocorrências de 192.168.1.144_geplanes_bsc_PostgreSQLDS por meu_ip_geplanes_bsc_PostgreSQLDS - onde meu_ip é o endereço que você obteve com o comando ifconfig acima.

Agora é só colocar o Geplanes em execução com o seguinte comando:

  sudo /home/geplanes/jboss/jboss.geplanes/bin/run.sh

Para acessar o Geplanes, abra o seu navegador web preferido, o Mozilla Firefox, e acesse:

http://meu_ip:8080/geplanes_bsc (substitua meu_ip pelo endereço que você obteve nas instruções anteriores).

O usuário para o Geplanes é admin, e a senha também é admin.

A máquina virtual ainda tem instalado o phppgadmin para o acesso direto à base de dados (use http://meu_ip/phppgadmin para acessá-lo), OpenSSH Server para que você possa usar o terminal de seu ambiente (ou outros de sua rede) para o acesso através de linha de comando e o utilíssimo rpl para a substituição de strings em múltiplos arquivos simultaneamente.

Observações importantes:

Use esta máquina virtual por sua conta e risco e JAMAIS a coloque diretamente em um ambiente de produção. Você já viu que as senhas são todas óbvias e, além disso, a base de dados é acessada pelo usuário postgres, sem senha alguma.

Em caso de dúvidas sobre o Geplanes, utilize o canal de suporte adequado, que pode ser o da comunidade, nos fóruns do Portal do Software Público Brasileiro, ou o comercial, através da empresa Linkcom. Procurarei responder às dúvidas, especificamente sobre esta máquina virtual, nos fóruns da comunidade Geplanes.

Um grande abraço para o Igor Costa, da Linkcom, que pacientemente auxiliou-me com minhas dúvidas quanto à instalação do Geplanes.


Cesar Brod ministra cursos in-house adequados à necessidade de sua empresa, além de atuar como coach de equipes ágeis. Visite nosso portal para saber mais ou entre em contato diretamente com o autor para mais informações.

Sobre o autor

Cesar Brod é empresário e consultor nos temas de inovação tecnológica, tecnologias livres, dados abertos e empreendedorismo. Sua empresa, a BrodTec, faz também trabalhos tradução e produção de conteúdo em inglês e português. Além de sua coluna, Cesar também contribui com dicas para o Dicas-L e mantém um blog com aleatoriedades e ousadias literárias. Você pode entrar em contato com ele através do formulário na página da BrodTec, onde você pode saber mais sobre os projetos da empresa.

Mais sobre o Cesar Brod: [ Linkedin ] | [ Twitter ] | [ Tumblr ].


Para se manter atualizado sobre as novidades desta coluna, consulte sempre o newsfeed RSS

Para saber mais sobre RSS, leia o artigo O Padrão RSS - A luz no fim do túnel.

Recomende este artigo nas redes sociais

 

 

Veja a relação completa dos artigos de Cesar Brod

  • Currently 3.21/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Avaliação: 3.2 /5 (58 votos)