você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

IWEEE.ORG #5

Por Cesar Brod

Data de Publicação: 07 de Março de 2010

Ans de Jager diz que é um absurdo pensarmos em software livre ou não, em computadores ou não, se na África ao sul do Saara sequer existe energia elétrica.

Ans, ou Ana, ou Anita, uma linda mãe holandesa, com dois filhos adolescentes, mora em Uganda. Anita trabalha na War Child, uma ONG que busca preservar a infância daquelas crianças que perderam seus pais e, com eles, seu chão e a referência de seu mundo.

Ana deve ficar por mais dois anos em Uganda, dando um jeito de conseguir coletores de energia solar, bons computadores usados e criando redes mesh para permitir o acesso à internet. Ela ainda não conhecia o WNDW.net, mas passou a conhecer no IWEEE. Prova de que, por mais que o virtual funcione, faz falta o real.

Yumpak Kwankam é da República de Camarões. Vive e trabalha na Suiça, onde é presidente da Global e-Health Consultants, e ainda lembra muito bem do dia em que a seleção de seu país derrotou a poderosa seleção Argentina no jogo de abertura da Copa do Mundo de 1990. Naquele dia, o Brasil era Camarões.

Thomas Karopka é um alemão típico, cronometrado. Era ele quem mais preocupava-se com a manutenção dos horários em um local onde é fácil demais deixar que a natureza tenha prioridade acima de tudo. Thomas trabalha na IT Science Center Rügen, uma organização sem fins lucrativos que dissemina o conhecimento em informática para a melhoria da saúde.

Etienne Saliez é médico em Bruxelas e em qualquer lugar do mundo. Feche os olhos, esqueça o sotaque francês e ele torna-se o Sheldon de The Big Bang Theory. É o único médico que conheço que especifica sistemas, cria exemplos em Python com interface web e reclama que os programadores não aprenderam a criar soluções realmente amigáveis para os médicos e que os médicos, por sua vez, têm que dar, com humildade, o devido valor ao que a informática pode fazer por eles.

Mark Höller é outro alemão. Trabalha com Thomas e desenvolveu módulos de catalogação de ferimentos (e como tratá-los) para o Medical. Não tem conexão com a internet em sua casa, tem uma namorada que mora longe e uma banda de rock dos anos 50. Fizemos uma rápida jam session em Vegueta, onde eu e o Moses compramos um pedestal para partituras. Foi a primeira vez em que o "Schnapps mit Citronen" foi apresentado fora dos encontros dos Brod.

Legal, né? Dá pra ir construindo um mundo melhor, cada um no seu quadrado, cada qual com suas manias, de pouquinho em pouquinho...

Os que quiserem saber mais sobre o IWEEE, ou que apenas queiram dar uma olhada nas belíssimas fotos que os participantes tiraram durante o encontro em Las Palmas de Gran Canária, estão convidados a visitar nossa comunidade em http://gnusolidario.ning.com.

Sobre o autor

Cesar Brod é empresário e consultor nos temas de inovação tecnológica, tecnologias livres, dados abertos e empreendedorismo. Sua empresa, a BrodTec, faz também trabalhos tradução e produção de conteúdo em inglês e português. Além de sua coluna, Cesar também contribui com dicas para o Dicas-L e mantém um blog com aleatoriedades e ousadias literárias. Você pode entrar em contato com ele através do formulário na página da BrodTec, onde você pode saber mais sobre os projetos da empresa.

Mais sobre o Cesar Brod: [ Linkedin ] | [ Twitter ] | [ Tumblr ].


Para se manter atualizado sobre as novidades desta coluna, consulte sempre o newsfeed RSS

Para saber mais sobre RSS, leia o artigo O Padrão RSS - A luz no fim do túnel.

Recomende este artigo nas redes sociais

 

 

Veja a relação completa dos artigos de Cesar Brod