você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

A melhor linguagem de programação do mundo

Por Cesar Brod

Data de Publicação: 01 de Outubro de 2009

Muitos conhecem esta história. Em 1999 a BrodTec apresentou à Univates, em Lajeado, uma proposta para assumir a gestão dos recursos de informática da instituição que acabava de tornar-se um Centro Universitário. A proposta foi aceita, fui consultor da instituição até o início de 2006 e lá construímos o primeiro caso de sucesso de uma instituição de ensino que tem o software livre como base da grande maioria de seus sistemas. Em 2000 já fazíamos as inscrições para o vestibular pela Internet e o sistema de avaliação e classificação das provas do vestibular foi o primeiro módulo do Sagu (o sistema de gestão acadêmica) a entrar em produção já no inverno do mesmo ano. Em seguida foram desenvolvidos o GnuData (que é o sistema do Banco de Dados Regional), o GnuTeca (que faz a gestão de acervo e circulação de bibliotecas) e muitos outros. A Solis, primeira cooperativa de desenvolvimento e integração de soluções em software livre de que se tem notícia, também surgiu de um projeto feito em parceria entre a BrodTec e a Univates, com a participação especialíssima dos professores Eloni Salvi, Ney Lazzari e Derli Schmidt.

O que menos gente sabe foi o que aconteceu um pouco antes, quando eu e o Fábio Wiebbelling articulávamos o que seria meu trabalho de gestão e de que maneira ampliaríamos a adoção de software livre além, muito além, da infraestrutura do CPD. Eu e o Fábio já trabalhávamos juntos no provedor de acesso Univates/B&WNet, conhecíamos o FreeBSD e o Linux e escovávamos muito bem a configuração do Sendmail (sem usar o m4!!!), a do Squid e outras. Eu tinha milhas suficientes para uma viagem à Califórnia e convencemos a reitoria para que assumisse as despesas do Fábio em nossa participação na LinuxWorld em outubro de 1999 para avaliar o que poderíamos usar em software livre para criar o novo sistema acadêmico da instituição. Lá na Linux World conhecemos o Maddog, o Linus Torvalds (até apareço no "The Code" convidando o Linus para vir ao Brasil) e o Rasmus Lerdorf, entre outros. Também foi no evento que obtive minha certificação SAIR GNU/Linux, mas aí já é outra história.

Eu e o Fábio nos dividimos nas palestras, ele mais nas de infra e eu mais nas de desenvolvimento. Quando saí da palestra do Rasmus, catei o Fábio no evento e disse para ele: "Wiebbellindo! Acabo de conhecer a melhor linguagem de programação do mundo!". Inscrevi-me em um minicurso logo em seguida, compramos o único livro de PHP que estava à venda no evento e, obviamente, meu primeiro notebook Sony Vaio sofreu nossas primeiras experiências naquela noite mesmo, com uma distribuição Storm Linux. Era tudo muito lindo! Em minutos, apenas com os exemplos do livro e as apostilas do minicurso montamos uma aplicação visualmente horrorosa, mas que nos permitia manipular a base de dados MySQL diretamente através da web. No dia seguinte ligamos para o Maurício de Castro a cobrar, na Univates, e passamos para ele todas as referências na web que eu havia anotado no evento. Ainda antes de terminar o evento recebemos do Maurício um link para a primeira aplicação desenvolvida por ele em PHP, com um visual bem mais bonito, que permitia a busca de cadastros de alunos já convertida para o MySQL. Mais adiante acabamos migrando para o PostgreSQL por vários motivos, mas sem nenhuma dificuldade, graças ao PHP.

Nos nossos SDSLs (Seminários de Desenvolvimento de Software Livre), que começaram com o nome de Sagu Workshop em maio de 2000, já começávamos a difundir o PHP. Ainda hoje, a linguagem base de desenvolvimento de aplicações da Univates e da Solis é o PHP. Afinal, trocar pra quê? É a melhor linguagem de programação do mundo mesmo! Em 2002 ainda tivemos a honra de trabalhar por uma semana com o Rasmus Lerdorf na própria Univates. Ele foi fundamental no início do desenvolvimento do framework Miolo, ficou hospedado na minha casa e comeu o famoso bauru do Kalabouço, em Arroio do Meio.

Agora estou participando da organização da Latinoware e um dos primeiros emails que recebi na coordenação do temário foi do Bruno Fernandes (PorKaria), solicitando que realizássemos o segundo Congresso Latinoamericano de PHP junto ao evento. Aí caiu a ficha que, nesta Latinoware, estou comemorando dez anos de meu primeiro contato com a linguagem!

O COLAPHP acontece no dia 23 de outubro e a grade de palestras pode ser conferida aqui. Eu ainda não havia pensado em um bolo para comemorar o fato, mas que vai ter comemoração, vai! Espero vocês todos por lá!

Sobre o autor

Cesar Brod é empresário e consultor nos temas de inovação tecnológica, tecnologias livres, dados abertos e empreendedorismo. Sua empresa, a BrodTec, faz também trabalhos tradução e produção de conteúdo em inglês e português. Além de sua coluna, Cesar também contribui com dicas para o Dicas-L e mantém um blog com aleatoriedades e ousadias literárias. Você pode entrar em contato com ele através do formulário na página da BrodTec, onde você pode saber mais sobre os projetos da empresa.

Mais sobre o Cesar Brod: [ Linkedin ] | [ Twitter ] | [ Tumblr ].


Para se manter atualizado sobre as novidades desta coluna, consulte sempre o newsfeed RSS

Para saber mais sobre RSS, leia o artigo O Padrão RSS - A luz no fim do túnel.

Recomende este artigo nas redes sociais

 

 

Veja a relação completa dos artigos de Cesar Brod