você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

Tá esperando o quê?

Por Cesar Brod

Data de Publicação: 18 de Dezembro de 2008

Há três espécies de homens:

  1. os que fazem com que as coisas sucedam;
  2. os que vêem como sucedem as coisas; e
  3. os que pouco se importam com o que está sucedendo.

Quem disse isso foi o gaúcho Aparício Torelly, mais conhecido como o Barão de Itararé, há muito tempo.

Meus leitores já sabem o quanto eu sou fã de metodologias ágeis de desenvolvimento, algo sobre o que estou sempre aprendendo e com o que surpreendo-me a cada dia em que tenho a oportunidade de aplicar. Não lembro exatamente desde quando, mas desde que me lembro, sempre que estou na liderança de uma equipe eu sempre digo a todos que não esperem que eu seja um distribuidor de tarefas. O bom profissional é aquele que usa todos os seus sentidos e poder de comunicação para sentir o ambiente e descobrir o que tem que ser feito. O bom líder sabe potencializar isto, remove obstáculos e ajuda a resolver conflitos. No Scrum tem tudo isto. Na comunidade i-Scrum há boas referências e excelentes pessoas trocando, livremente, idéias sobre o assunto.

Aliás, a livre exposição e debate de idéias, sejam elas convergentes ou não, sem patrulhamento ideológico, é o que cria um momento diferencial de criatividade, crescimento, soluções. É o tal do "ba" que o Jeff Sutherland fala em sua palestra sobre as raízes do Scrum.

Pois no mesmo Almanaque Brasil deste mês de dezembro (gentilmente distribuído pela TAM a seus passageiros) do qual copiei a frase do Barão de Itararé, acima, está uma entrevista com José Junior, do AfroReggae, uma iniciativa sócio-cultural que reúne nove bandas de música, centros culturais, centro multimídia, revista, programa de TV, cinco programas de rádio e que leva a Internet à favelas. Para conseguir fazer o que faz, José Junior e outros integrantes do AfroReggae ocupam espaços de conflitos entre traficantes de drogas e a polícia, sendo muitas vezes chamados a intervir em negociações, graças ao respeito que ganharam de todos. Sobre esta mediação de conflitos, fala José: "... é preciso se desprender de muitas coisas. Até mesmo do medo de morrer, porque senão você não vai, ou vai fraco e corre risco. (...) Há 15 anos dá certo."

José Junior é um verdadeiro ScrumMaster: remove obstáculos, atua na solução de conflitos, acredita no potencial das pessoas que se desenvolvem desde que o ambiente permita-lhes condições para tal, mesmo não sendo, hoje, as melhores condições possíveis. Um dia elas serão.

Nosso povo mostrou-se capaz de solidariedade, organização e mobilização no apoio às vítimas das condições do tempo em Santa Catarina. Fizemos isso mais de uma vez, em várias outras situações. Mas tal mobilização não deveria acontecer só em tragédias, mas ser um trabalho constante, diário, com pequenas coisas, um passo de cada vez, o que for possível para cada um. Quanta gente não juntou um monte de roupas e mandou pra Santa Catarina e em outras ocasiões não foi capaz de voltar para casa e ver se não tinha uma roupa para dar a alguém que presenciou sentindo frio, bem pertinho? Quantas vezes a gente olha estas coisas sem realmente ver? Por que é sempre a TV que tem que nos sensibilizar?

Não precisamos ser 100% José Junior. Nenhum de nós precisa ser perfeito. Mas cada um pode fazer um pouquinho pra melhorar o mundo. Um pouquinho mais do que já fazemos. Esta é minha única resolução de ano novo!

Tô dando uma pausa de umas semaninhas nos meus artigos, mas deixo aqui meu desejo de um Feliz Natal a todos os meus leitores. Que Papai Noel destrua nossos medos todos, especialmente os medos que temos de gente como a gente, pra que a gente possa construir um mundo cada vez melhor. Todo começo de ano é um bom começo! É só mantermos as intenções de cada começo até o fim. Que o fim seja a nossa paz em um mundo onde a igualdade impere. Esse é nosso Product Backlog! Mas vamos revisar isso a cada Sprint. Lembrando que Deus (ou qualquer outro nome que queiram dar) é nosso Product Owner!

Scrum You!

Sobre o autor

Cesar Brod é empresário e consultor nos temas de inovação tecnológica, tecnologias livres, dados abertos e empreendedorismo. Sua empresa, a BrodTec, faz também trabalhos tradução e produção de conteúdo em inglês e português. Além de sua coluna, Cesar também contribui com dicas para o Dicas-L e mantém um blog com aleatoriedades e ousadias literárias. Você pode entrar em contato com ele através do formulário na página da BrodTec, onde você pode saber mais sobre os projetos da empresa.

Mais sobre o Cesar Brod: [ Linkedin ] | [ Twitter ] | [ Tumblr ].


Para se manter atualizado sobre as novidades desta coluna, consulte sempre o newsfeed RSS

Para saber mais sobre RSS, leia o artigo O Padrão RSS - A luz no fim do túnel.

Recomende este artigo nas redes sociais

 

 

Veja a relação completa dos artigos de Cesar Brod