você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

Se7e Zoom

Por Cesar Brod

Data de Publicação: 08 de Abril de 2008

Há pouco mais de uma semana, várias pessoas receberam pelo correio um pacote cheio de "pistas" e uma provocação: encontre o Anel Perdido Find the Lost Ring. Isto marcou a entrada da rede de lanchonetes McDonalds no fantástico mundo dos ARGs -- Alternate Reality Games ou Jogos de Realidade Alternativa. Quem visitar o portal desse jogo encontrará fotos de uma mulher e os dizeres: "Perdi a memória. Tenho uma tatuagem estranha, minha única pista. Os médicos dizem que tenho o físico de uma atleta olímpica. Até agora, ninguém me reconhece... Acordei em um labirinto no dia 12 de fevereiro, eles me chamam de Ariadne."

Jogos de realidade alternativa não são, exatamente, uma novidade. O primeiro a explorar a web e vários outros meios de comunicação foi o The Beast, usado para promover o filme Inteligência Artificial. Fãs da série LOST sabem que a narrativa e dramaturgia na TV expande-se para uma compreensão muito maior através do ARG LOST Experience, um elaborado conjunto de sites web, podcasts, fóruns e outras formas de comunicação. No início do ano passado, camisetas vendidas em shows do Nine Inch Nails e pendrives encontradas nos banheiros dos teatros onde o grupo se apresentava levou uma série de pessoas a imergir em um complexo mundo alternativo imaginado por Trent Reznor, que serviu de apoio à promoção do novo álbum da banda.

O interessante, porém, é que o segundo ARG no formato próximo ao atual surgiu aqui no Brasil, mais ou menos à mesma época do The Beast, numa iniciativa das agências Ogilvy e Da Vinci para a Unilever. A equipe criou a modelo virtual Se7e Zoom que, após uma carreira meteórica habilmente programada, atingiu o auge da popularidade ao fazer uma série de fotos ousadas para o site The Girl. Nesse momento, Se7e Zoom foi contratada com exclusividade pela Unilever para ser a garota-propaganda do creme dental Close-Up. Nosso ARG tupiniquim tinha como elemento central um chatterbot, ativo até hoje! Ataques falsos de hackers ao portal de Se7e Zoom, fã-clubes fakes e mesmo a contratação de "seeders" -- pessoas que alimentavam de fatos e boatos sobre a modelo nas comunidades e listas de discussão na internet -- completavam a estratégia.

Para saber mais sobre os ARGs, visite os vários links com os quais recheei esse artigo e, em especial, o da Wikipedia onde você encontra outros ARGs brasileiros.

Ah, você ainda não conhece a Se7e? Bate um papinho com ela!

Sobre o autor

Cesar Brod é empresário e consultor nos temas de inovação tecnológica, tecnologias livres, dados abertos e empreendedorismo. Sua empresa, a BrodTec, faz também trabalhos tradução e produção de conteúdo em inglês e português. Além de sua coluna, Cesar também contribui com dicas para o Dicas-L e mantém um blog com aleatoriedades e ousadias literárias. Você pode entrar em contato com ele através do formulário na página da BrodTec, onde você pode saber mais sobre os projetos da empresa.

Mais sobre o Cesar Brod: [ Linkedin ] | [ Twitter ] | [ Tumblr ].


Para se manter atualizado sobre as novidades desta coluna, consulte sempre o newsfeed RSS

Para saber mais sobre RSS, leia o artigo O Padrão RSS - A luz no fim do túnel.

Recomende este artigo nas redes sociais

 

 

Veja a relação completa dos artigos de Cesar Brod