você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

Portais Corporativos 7 - Concentrando serviços em seu portal

Por Cesar Brod

Data de Publicação: 11 de Setembro de 2007

Antes de começar a criar o portal Web de sua empresa, ou de propor a sua reformulação após tudo o que você leu aqui, você deve ter a resposta a algumas perguntas:

1. O que, de fato, quero com o portal da minha empresa?

Sua empresa não precisa, necessariamente, ter o que vender através da Internet para que se beneficie de um portal. Um simples canal automatizado de relacionamento com os clientes e fornecedores já pode ser razão suficiente para isto. Empresas que tenham uma forte relação com a comunidade usam seus portais para divulgar suas ações sociais, por exemplo. O alcance que a Internet tem também possibilita que negócios não imaginados possam surgir não por iniciativa da empresa, mas de outros que a encontraram na rede.

2. Que recursos posso dedicar ao portal?

Independente dos recursos financeiros, você deve saber que terá que fazer a manutenção do portal Web. Isto é verdade para qualquer outra iniciativa de comunicação da empresa. Ao colocar um telefone 0800, por exemplo, você deve ter alguém para atender as chamadas de acordo com a expectativa de seus clientes. As pessoas que deixam uma mensagem através de seu portal esperam uma resposta rápida. Caso você vá além de uma página simplesmente institucional e dedique-se a colaborar de alguma forma com a comunidade, fornecendo algum tipo de informação, é necessário levar em conta que esta informação tem que estar atualizada e ser verídica.

3. Quais serviços vou agregar ao portal?

Tipicamente um histórico com as informações de sua empresa e produtos, um formulário para contato e um mecanismo de busca são elementos obrigatórios. Caso você faça venda direta a seus clientes, um sistema de comércio eletrônico deve ser considerado. Você pode querer ter um canal diferenciado de comunicação com seus revendedores, ou mesmo permitir um "blog" para uma comunicação mais direta entre seus executivos e o mercado. Muitas vezes, "menos é mais". Comece com elementos cujos resultados você consiga mensurar com facilidade e vá agregando outros na medida em que a eficácia dos primeiros se confirme. Caso você já possua um portal, é importante que, antes de reformulá-lo ou criar um novo, você tenha a perfeita medida dos resultados na situação atual.

Um portal permite modificações muito mais dinâmicas do que qualquer outro mecanismo de comunicação de sua empresa. Um anúncio para uma revista ou jornal, ou um relise para a imprensa, uma vez impressos, não podem ser modificados. Na Web, uma determinada campanha que não está apresentando bons resultados pode imediatamente ser substituída. Uma notícia à qual foi agregado um elemento novo pode ser instantaneamente modificada. Faça de seus clientes, seu público-alvo, parceiros na avaliação e desenvolvimento de conteúdo. Procure sempre medir a satisfação deles. Observe também seus concorrentes. Veja quais as boas idéias deles que pode implementar. Eles também aproveitarão as suas boas idéias.

Sistemas modernos para a gestão de portais Web costumam ter uma infinidade de recursos que podem ser "ligados ou desligados" de acordo com o que você deseja oferecer a seus usuários. Lembre também, como já falamos no início desta série de artigos, que a informação que você publica na Web compete, muitas vezes, não pela totalidade do espaço do navegador de um potencial cliente de sua empresa, mas por um pedaço dele. Serviços como o iGoogle, o PageFlakes e outros similares permitem esta "colagem" personalizada de uma página Web. Disponibilize alimentadores de informação como Atom ou RSS para que seus leitores também possam "colar" o material que você produz nas páginas que eles mesmos montam. A maioria dos gestores de conteúdo Web fornecem alimentadores de notícias deste tipo.

No próximo artigo falaremos sobre Comércio Eletrônico. Até a semana que vem!

Sobre o autor

Cesar Brod é empresário e consultor nos temas de inovação tecnológica, tecnologias livres, dados abertos e empreendedorismo. Sua empresa, a BrodTec, faz também trabalhos tradução e produção de conteúdo em inglês e português. Além de sua coluna, Cesar também contribui com dicas para o Dicas-L e mantém um blog com aleatoriedades e ousadias literárias. Você pode entrar em contato com ele através do formulário na página da BrodTec, onde você pode saber mais sobre os projetos da empresa.

Mais sobre o Cesar Brod: [ Linkedin ] | [ Twitter ] | [ Tumblr ].


Para se manter atualizado sobre as novidades desta coluna, consulte sempre o newsfeed RSS

Para saber mais sobre RSS, leia o artigo O Padrão RSS - A luz no fim do túnel.

Recomende este artigo nas redes sociais

 

 

Veja a relação completa dos artigos de Cesar Brod