você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

Portais Corporativos 6 - Algumas práticas

Por Cesar Brod

Data de Publicação: 04 de Setembro de 2007

Na semana passada propusemos um breve exercício de análise da presença de algumas empresas da região, onde vivem os leitores, na Web. Tipicamente, quando não conheço bem uma determinada região, conto com a ajuda dos mecanismos de busca para chegar aos portais de associações comerciais e industriais, clubes de diretores lojistas e outros. Nem sempre os resultados desta busca são satisfatórios, o que já pode indicar uma boa oportunidade para a oferta de serviços de consultoria relativa ao estabelecimento de uma boa presença na Web.

O tráfego em um determinado portal Web não está diretamente relacionado com o sucesso da empresa na Internet ou fora dela. Parece, porém, haver uma tendência em se valorizar a experiência do tráfego de pessoas para aprender melhor a forma de transformar este tráfego em resultados financeiros. Porém, cuidado! Assim como no mundo real, uma experiência ruim em um determinado portal fará com que seu potencial cliente se afaste dele e recomende a outros que façam o mesmo. Um portal deve proporcionar, inicialmente, uma boa experiência de relacionamento entre sua empresa e seus clientes. É necessário criar a confiança, a tradição e o "boca-a-boca" para que você comece a ter bons resultados, financeiros ou não, através da Web.

O bom da Web, porém, é que a experiência acumulada está sempre disponível. Podemos aprender com os outros que tiveram boas experiências e adotar, sem preconceito algum, práticas alheias. Claro que, o ineditismo, a ousadia, desde que bem planejados, trazem excelentes resultados. Por isto é importante, ao se planejar uma estratégia de comunicação que utilize a Web que, não necessariamente, consideremos as limitações da mesma. Muita coisa nova e boa na Internet surgiu justamente porque limitações iniciais não foram levadas em conta.

Também é necessário entender que a Web não é rádio, nem TV. Também não é uma revista ou jornal. Voltando à idéia de Ted Nelson, a Web é a comunicação com hipermídia. Pode ser a convergência de tudo mas, ainda assim, deve ser extremamente simples. Simples a ponto de que, "um iniciante, numa emergência, deveria entendê-la em 10 segundos."

Você já comprou algo pela Internet? Reparou como os portais de venda pela rede são muito, mas muito, parecidos?

O leiaute de um portal Web irá depender de muitos fatores. Uma grande loja online, que venda uma gama extensa de produtos, terá que buscar chamar a atenção para as suas promoções, ao mesmo tempo em que permite ao visitante facilmente buscar pelo que procura, seja em seus departamentos ou através de uma "caixa de busca". Uma série de estudos de usabilidade mostra que lemos uma página na Web de cima para baixo, da esquerda para a direita. Assim, é comum encontrarmos os principais elementos de um portal, como o logotipo da empresa, no canto superior esquerdo. Por outro lado, portais que ousam com organizações bem diferentes de textos e imagens, desde que mantenham um bom projeto gráfico, conseguem excelentes resultados. A questão toda é experimentar, medindo qual arranjo traz o melhor resultado. Mais adiante falaremos sobre isto.

O Google fez um estudo que mostra a efetividade na colocação de anúncios em um portal Web. Este estudo também serve para mostrar quais os "pontos quentes" de uma página, de acordo com a figura abaixo:

Caso você inicie um projeto neste instante, o "mapa" acima pode ajudá-lo a distribuir inicialmente sua informação em seu portal e orientar sua equipe de marketing a trabalhar no projeto. Quanto mais quente a cor, mais este local da página atrairá a atenção de seus visitantes. Se você já está envolvido no projeto do portal de uma empresa, antes de mais nada, verifique seus indicadores atuais antes de aplicar as mudanças e verificar sua eficácia. Esta série contará com um artigo sobre estes indicadores e formas fáceis de implementá-los. Na próxima semana falaremos sobre quais serviços uma empresa pode oferecer através de seu portal.

Sobre o autor

Cesar Brod é empresário e consultor nos temas de inovação tecnológica, tecnologias livres, dados abertos e empreendedorismo. Sua empresa, a BrodTec, faz também trabalhos tradução e produção de conteúdo em inglês e português. Além de sua coluna, Cesar também contribui com dicas para o Dicas-L e mantém um blog com aleatoriedades e ousadias literárias. Você pode entrar em contato com ele através do formulário na página da BrodTec, onde você pode saber mais sobre os projetos da empresa.

Mais sobre o Cesar Brod: [ Linkedin ] | [ Twitter ] | [ Tumblr ].


Para se manter atualizado sobre as novidades desta coluna, consulte sempre o newsfeed RSS

Para saber mais sobre RSS, leia o artigo O Padrão RSS - A luz no fim do túnel.

Recomende este artigo nas redes sociais

 

 

Veja a relação completa dos artigos de Cesar Brod