você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

SCRUM, a ordem nascida do Caos - parte 4

Por Cesar Brod

Data de Publicação: 20 de Novembro de 2006

Desde que trabalhei em um projeto financiado pelo governo finlandês, que buscava fortalecer a associação do uso de software livre à geração de emprego e renda, tive vontade de criar um portal íbero-americano de colaboração na adoção, integração de soluções e desenvolvimento de softwares livres e de código aberto. A idéia, sobre a qual cheguei a conversar com várias pessoas, buscaria o financiamento de governos, instituições e empresas de vários países para manter um grupo pequeno (entre cinco e dez pessoas) que trabalhasse tanto na pesquisa de necessidades quanto na articulação de contatos que tornassem viáveis projetos que pudessem ser úteis à várias geografias. Em resumo, se existisse um projeto na Argentina que pudesse atender a alguma necessidade específica do México, Espanha e Brasil, seria criada uma rede entre os potenciais usuários e financiadores para que o projeto se tornasse economicamente viável e, mais do que isto, que pudesse gerar receita para empresas envolvidas no seu suporte e desenvolvimento - com isto criando também novos postos de emprego. A idéia não era tão inédita, mas buscava agregar boas práticas e vontades que desenvolvemos no projeto sobre o qual falei inicialmente.

Enquanto pensava em como exemplificar as ferramentas de acompanhamento e controle de tarefas do SCRUM concluí que o melhor era partir direto para a prática e usar o "Portal Íbero-Americano de Colaboração e Desenvolvimento Tecnológico" como base para este exercício. Ao contrário do que previ, vou levar mais de um artigo para falar das ferramentas, mas isto acontecerá para o favorecimento de nossa prática. Espero que os leitores concordem. Vamos ao projeto, que foi escrito muito antes de eu pensar no uso do SCRUM:

Descrição do Projeto

Este portal não pretende criar novamente o que já existe, mas, ao usar o máximo possível estruturas e sistemas existentes, quer que sua própria implementação já sirva como uma experiência de integração entre projetos da comunidade. Assim, alguns elementos clássicos e de sucesso entre a comunidade de software livre serão devidamente reconhecidos, valorizados e agregados a este projeto.

Para o repositório de software, será usada a estrutura já implementada no CodigoLivre, o maior repositório latino-americano de software livre, contando hoje com mais de 1.700 projetos mantidos por cerca de 13.000 desenvolvedores brasileiros. O CodigoLivre é baseado na estrutura do gForge e a equipe da Solis já desenvolveu para ele uma série de facilidades para o espelhamento. Inicialmente, um espelho integral do portal CodigoLivre será montado na estrutura do Portal Íbero-Americano, com treinamento à equipe que estará envolvida nesse projeto.

Implementada a estrutura do CodigoLivre, trabalharemos na criação de uma nova interface para o seu acesso, agregando ao próprio CodigoLivre funcionalidades que serão de interesse do portal íbero-americano (para o qual ainda devemos criar um nome atrativo e significativo). Esta interface deve permitir uma série de funcionalidades:

1. Registro e hospedagem de projetos

Será utilizada a infra-estrutura do CodigoLivre, expandindo-a para a seleção da linguagem em que o registro do projeto será feito (inicialmente português e espanhol) e facilitando a hospedagem de projetos com um "template básico" para a criação de um sítio web para o projeto, fóruns de discussão e outros itens que podem ser agregados posteriormente à medida em que o desenvolvedor se torna mais experiente com a ferramenta.

Nota: Aqui imagino um "auto-piloto", disponibilizando uma página básica e uma seleção guiada da inclusão de ferramentas ou não, explicando uma a uma. O projeto Losango pode servir como base ou referência para isto. Exemplo:

Deseja criar listas de discussão para o seu projeto? Recomendamos, caso seja usado este recurso, que se criem ao menos duas listas, uma para usuários e outra para desenvolvedores de seu projeto. Se você desejar, criaremos agora uma lista chamada projeto-user e outra chamada projeto-devel, caso prefira escolher outro nome para as suas listas ou acessar a configuração avançada, clique aqui...

Este "auto-piloto" poderá ser chamado várias vezes dentro da página de gestão do projeto, mas não pode ser destrutivo. Ele sempre deve detectar o que o usuário já possui e apenas oferecer novas ferramentas a serem agregadas.

Ao classificar um projeto, seu criador pode escolher categorias às quais o mesmo pertence, mas um administrador do portal pode "recategorizar" o projeto de forma a garantir sua correta exposição na busca por categorias e mesmo para "alinhar" projetos de natureza similar, buscando a interação entre eles.

Projetos hospedados em outros sítios podem ser categorizados também aqui, servindo este portal, então, como um apontador para outros repositórios como o SourceForge, Incubadora Virtual da Fapesp, Savanah e outros. No caso do CodigoLivre, porém, isto será feito de forma automática, garantindo já a exposição de todo o volume de projetos do CodigoLivre no portal íbero-americano.

2. Notícias

As notícias podem ser relativas aos projetos, de responsabilidade dos desenvolvedores e publicadas com destaque na página principal (de todos os projetos), na página do projeto (apenas as relativas a ele) e devem poder ser exportadas para outros sítios em formatos como o RSS.

Notícias postadas pela comunidade íbero-americana também serão aceitas de várias formas, com níveis de mediação. Notícias postadas anonimamente sempre passarão pelo crivo do gerente de conteúdo. Notícias postadas por usuários registrados terão prioridade, mas também passarão pelo crivo de um gerente de conteúdo. O gerente de conteúdo pode autorizar alguns usuários a postarem notícias no portal sem a necessidade de mediação.

Notícias que vêm de outros portais podem ser incluídas neste através de mecanismos como RSS.

3. Multi-idiomas

Inicialmente, todo o portal terá sua interface em português e espanhol. Os conteúdos podem ser disponibilizados em apenas uma língua, havendo neste caso, quando da exibição do conteúdo em uma língua para o qual não foi traduzido, a opção para que o leitor ou colaborador "envie uma tradução". Por exemplo, um projeto com desenvolvedores brasileiros irá postar suas notícias e demais informações em português. Quando alguém de língua espanhola acessar uma informação não traduzida, a lerá na língua original, mas terá a possibilidade de colaborar com uma tradução. Isto pode ser expandido para outros idiomas.

4. Gestão do ambiente e estrutura de suporte

Este portal visa ser referência e ponto de integração no desenvolvimentos de software livre para a comunidade íbero-americana. Além da ação prática de hospedagem de projetos (ou apontadores para outros portais), ele será a base de uma ação de integração e busca de recursos para desenvolvimentos que estejam ligados à geração de emprego e renda, inclusão social e resolução de conflitos.

Desta forma, a fim de que o portal atinja o sucesso em suas metas, propomos a montagem de uma estrutura que pode ser ampliada à medida em que seu uso se intensifique:

Comitê Gestor

Formado por membros da comunidade, mediante indicação dos financiadores deste portal e com vagas abertas para a eleição democrática de outros membros da comunidade íbero-americana.

Equipe de suporte

  • Tradutor português-espanhol e vice-versa;
  • Gerente de conteúdo (para aprovar as notícias e negociar relações com as fontes);
  • Analistas de suporte (2) - (para resolver questões técnicas e cuidar da saúde operacional do sistema);
  • Diretor Executivo (representante do portal perante a comunidade, ligação entre o comitê-gestor e a equipe de suporte).

Idéias para o Cronograma de implantação

Fase 0: Implantação do espelho do CodigoLivre no portal íbero-americano, treinamento dos analistas de suporte

Fase 1: Criação das interfaces de registro de projetos baseadas no Fred, Losango interagindo de forma transparente com o CodigoLivre, conforme leiaute definido pela equipe de arte contratada à parte

Fase 2: Sistema de notícias

Fase 3: Multi-idiomas

Testamos toda a interface em português e depois faz-se o porte para o espanhol, deixando aberta a possibilidade de tradução para outras línguas.

Fase 4: Suporte continuado

Numa estimativa inicial, cheguei a oito semanas de desenvolvimento para as fases 0 a 3, com o envolvimento semi-integral de um gestor e o uso de pessoas contratadas para a escrita de código.

Com estes dados, chegamos a um Product Backlog, que você pode observar neste link. No próximo artigo falaremos mais sobre ele e o sprint backlog.

Sobre o autor

Cesar Brod é empresário e consultor nos temas de inovação tecnológica, tecnologias livres, dados abertos e empreendedorismo. Sua empresa, a BrodTec, faz também trabalhos tradução e produção de conteúdo em inglês e português. Além de sua coluna, Cesar também contribui com dicas para o Dicas-L e mantém um blog com aleatoriedades e ousadias literárias. Você pode entrar em contato com ele através do formulário na página da BrodTec, onde você pode saber mais sobre os projetos da empresa.

Mais sobre o Cesar Brod: [ Linkedin ] | [ Twitter ] | [ Tumblr ].


Para se manter atualizado sobre as novidades desta coluna, consulte sempre o newsfeed RSS

Para saber mais sobre RSS, leia o artigo O Padrão RSS - A luz no fim do túnel.

Recomende este artigo nas redes sociais

 

 

Veja a relação completa dos artigos de Cesar Brod