você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

Zaanga, Reclame Aqui, Youtube, ...

Colaboração: Rubens Queiroz de Almeida

Data de Publicação: 20 de janeiro de 2012

Em outubro de 2010, eu fiz uma assinatura de presente para a minha esposa, da revista CasaMix. Paguei adiantado, à vista e recebi apenas um exemplar. Liguei diversas vezes, escrevi diversos emails, para diversas pessoas, e nada. Não vi a cor de mais nenhuma revista. E sempre que eu me lembrava do episódio, me vinha à mente um trecho do filme O Fugitivo, com Harrison Ford e Tommy Lee Jones. Quando o policial representado por Tommy Lee Jones encurrala o Harrison Ford próximo ao tubo de escoamento de uma represa, o médico diz que não matou a sua esposa. A resposta do Tommy Lee Jones: "I don't care" ("Eu não me importo", "Tô nem ai", "Tô c.. e a.. prá você", e assim por diante).

Assistam o clip do filme para terem uma idéia de como eu me sentia.

— Não recebi a revista!

— I don't care

Mas então, um dia, ouvindo a coluna da Daniela Braun, na CBN, ela citou a criação de um novo site de reclamações, o Zaanga. Fui lá ver, achei o site legal, e para testar, registrei a minha "Zaanga" com a revista Casamix. Sem muitas esperanças. Qual não foi a minha surpresa, quando do nada, duas semanas depois, chega a revista na minha casa. Ai peguei gosto pela coisa. Registrei também a minha próxima zaanga, um aparelho de bluray que comprei da Samsung, que depois de um upgrade de firmware, parou de reconhecer exatamente os discos bluray. Haha, "I dont't care"? "Think again"!!! A vingança dos NERDs, que criaram a Internet, que criaram o Youtube, e que agora podem botar a boca no trombone e ser ouvidos.

Na galeria dos famosos do Trombone, que usam a Internet para registrar os maus tratos que recebem de empresas vigaristas, tem o caso da Brastemp (Não é uma Brastemp):

O outro caso famoso é o Meu Renault não anda. A moça comprou um carro zero e o carro só deu problemas. Ela resolveu criar um site para reclamar e também um video.

Em ambos os casos, os problemas só foram resolvidos depois que os prejudicados tomaram a iniciativa de publicar seu calvário na Internet.

No meu caso, a queixa que registrei está a seguir. Espero também que sirva de alerta para futuros compradores de produtos da Samsung. A próxima vítima pode ser você.

Eu adquiri um bluray marca Samsung, BDP1600. Ao abrir a caixa, instalar e tentar tocar alguns DVDs, vi que nem isto ele fazia. Consultando na Internet, vi que precisava fazer um upgrade de firmware. Depois do primeiro upgrade, o aparelho passou a funcionar normalmente, mas não tocava alguns tipos de arquivos de vídeo. Em dezembro de 2011, fiz um novo upgrade, baixando o arquivo do site da Samsung Brasil.

Após o upgrade, os arquivos que não tocavam continuaram não tocando e para minha surpresa, o aparelho não reconhece mais nenhum disco BluRay. O mais impressionante, é que aqui mesmo no site do ReclameAqui, existem reclamações identicas, datadas de 11 de fevereiro de 2011. Ou seja, um arquivo de upgrade de firmware danificado continua disponível para download no site e nada foi feito para corrigir ou problema ou no mínimo notificar os usuários para não fazer o upgrade.

Enfim, isto tudo demonstra uma falta de respeito para com os clientes e uma falha gritante no processo de produção. O aparelho sai de fábrica sem funcionar direito. Pense bem, qual o número de clientes que vai saber como fazer um upgrade de firmware e mesmo quem sabe leva na cabeça, pois o processo não funciona direito. Enfim, um lixo, não recomendo a compra. Fiquem com a Sony, paguem mais, pois com a Samsung, o barato sai muito caro.

Para apoiar esta Zaanga, visite o site e clique em "Eu apoio", ao final da página.

A História continua

Visitando novamente o site da Samsung eu vi que havia sido lançado um novo upgrade para o firmware do meu aparelho BluRay, no dia 6 de janeiro. Oba, pensei, meus problemas acabaram. Pura ilusão, apliquei o upgrade, tudo correu super bem, mas nada mudou. O meu aparelho BluRay virou, ao que parece definitivamente, uma reles tocador de DVD.

Clique para ver a imagem ampliada


Veja a relação completa dos artigos de Rubens Queiroz de Almeida